Download MacauHub mobile app (iOS version)


Download MacauHub mobile app (Android version)


Angola vai facilitar concessão de vistos turísticos

A burocracia excessiva na concessão de vistos de entrada em Angola tem contribuído para a diminuição de taxas de ocupação nas unidades hoteleiras, fazendo com que muitos estrangeiros desistam por causa da demora, disse sexta-feira em Luanda o presidente da Associação de Hotéis e Resorts de Angola (AHRA).

Armindo César, que discursava no Fórum sobre Ambiente de Negócios no sector da hotelaria e turismo, apontou a existência de créditos malparados, resultantes da incapacidade dos hotéis em honrar os compromissos assumidos com a banca devido à quebra acentuada de receitas e das elevadas taxas de juros indexadas ao dólar como factores que têm perturbado o desenvolvimento do turismo no país.

O rigor excessivo das autoridades tributárias na punição com multas e juros de demora e a fraca formação técnica de quadros das unidades hoteleiras também são factores que impossibilitam a evolução do sector hoteleiro, segundo Armindo César, citado pela agência noticiosa Angop.

Perante este cenário, afirmou, a AHARA traçou estratégias para atenuar os efeitos dos constrangimentos mencionados, tendo sido acordado com o Ministério da Hotelaria e Turismo que a partir de agora os estabelecimentos hoteleiros terão acesso a divisas para a importação de bens que necessitam.

O presidente da AHRA adiantou ter sido já encontrado um consenso que permitirá, brevemente, a introdução de um novo quadro legal de concessão de vistos menos burocratizado, em que a grande novidade de realce será a concessão de vistos turísticos nas fronteiras aeroportuárias e terrestres, bem como nos consulados com a devida celeridade. (Macauhub)

Compartilhe esta notícia:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Print
  • email
  • RSS

Notícias relacionadas:

  1. Angola e Brasil assinam acordo para facilitar concessão de vistos
  2. Angola e Cabo Verde vão facilitar concessão recíproca de vistos de curta e de longa duração
  3. Cabo Verde e União Europeia vão assinar acordo para facilitar a concessão de vistos de entrada
  4. Angola e Moçambique facilitam concessão de vistos ordinários
  5. Angola inicia concessão de vistos com múltiplas entradas