Download MacauHub mobile app (iOS version)


Download MacauHub mobile app (Android version)

Macao magazine


Pet

Empresas portuguesa e brasileira em obras de construção na província do Moxico, Angola

As obras de construção da ponte em betão sobre o rio Zambeze, no município do Alto Zambeze, província do Moxico, ficarão concluídas em 2013, disse sexta-feira o fiscal da empreitada, Paulo Mitangi, em declarações à agência noticiosa angolana Angop.

A ponte, que terá 160 metros de comprimentos e 14 de largura, vai substituir a actual de estrutura metálica que serve de travessia provisória para os utentes da estrada que liga os municípios do Alto Zambeze e do Luau.

Depois de concluída, acrescentou, a ponte, cujas obras estão a cargo da empresa de construção civil portuguesa Conduril, terá duas faixas de rodagem, com sete metros em cada sentido, além de dois passeios para peões e suportará mais de 500 toneladas.

Paulo Mitangi acrescentou que os trabalhos de terraplanagem e colocação de asfalto do troço rodoviário Luau/Cazombo, iniciados em Junho de 2011 pela empresa de construção civil brasileira Queirós Galvão, decorrem a bom ritmo.

“O empreiteiro continua com os trabalhos de desmatação e limpeza da via, num percurso de 260 quilómetros, bem como a reconstrução de mais de dez pontes” disse o fiscal da obra, precisando que a empreitada terá a duração de 36 meses.

A estrada, que terá 14 metros de largura com duas faixas de rodagem, já conta com mais de 40 quilómetros asfaltados. (macauhub)

Compartilhe esta notícia:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Print
  • email
  • RSS

Notícias relacionadas:

  1. Empresa chinesa ganha concurso em Angola para construção de ponte rodoviária
  2. Empresa chinesa Sinohydro Corp em obras rodoviárias na província do Moxico, Angola
  3. Angola:Portuguesa Teixeira Duarte constrói ponte da Cabala,na província do Bengo
  4. Jazigos de carvão estão a atrasar obras de construção da segunda ponte sobre o Zambeze em Moçambique
  5. Construção da ponte sobre o rio Zambeze, Moçambique, entrou na última fase