Laboratório de Inspecção de Pescado de Maputo, Moçambique, recebe acreditação internacional

A acreditação internacional do Laboratório de Inspecção de Pescado de Maputo vai facilitar e reduzir os custos do processo de exportação do pescado para vários pontos do mundo, disse em Maputo o porta-voz do governo de Moçambique Alberto Nkutumula.

“Isso significa que, com esta acreditação, o laboratório de Inspecção de Pescado de Maputo passa a ter competências para fiscalizar e analisar a qualidade de camarão, peixe e outros produtos do mar”, disse o porta-voz e vice-ministro da Justiça.

Nkutumula salientou que, até à data, “os produtos eram enviados para laboratórios no estrangeiro, o que levava tempo e custava dinheiro, atendendo aos custos de armazenamento e conservação do pescado também aumenta” e acrescentou “pelo que esta acreditação diminui o tempo de espera e os valores gastos até o produto ser exportado.”

Primeiro laboratório de uma instituição pública de Moçambique a obter a acreditação para análises laboratoriais de alimentos, o Laboratório de Inspecção de Pescado de Maputo foi aditado e recebeu a acreditação internacional pelo Instituto Português de Acreditação.

A acreditação confirma que o laboratório funciona de acordo com a Norma ISO 17025:2005, isto é, demonstra ser competente para realizar as suas actividades com segurança. (macauhub)

Compartilhe esta notícia:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Print
  • email
  • RSS

Notícias relacionadas:

  1. Moçambique recebe financiamento da UE para instalar laboratório de análise de ar, água e solos
  2. Crise internacional afecta exportação de pescado de Moçambique
  3. Governo de Moçambique criou Reserva Aquícola Marinha para o aumento da produção de pescado
  4. Moçambique: Receita da exportação de pescado cai 31 por cento em 2008
  5. Mercadoria em trânsito pelo porto de Maputo, Moçambique, vai ser sujeita a inspecção não-intrusiva