Download MacauHub mobile app (iOS version)


Download MacauHub mobile app (Android version)


Primeira fase do abastecimento de gás a Maputo, capital de Moçambique, inicia-se em breve

A primeira fase do projecto de abastecimento de gás natural à cidade de Maputo e ao distrito de Marracuene vai iniciar-se em breve, estando a ser ultimada a constituição da empresa que vai gerir o empreendimento, disse um administrador da estatal Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH).

Tavares Martinho, administrador com o pelouro das pesquisas, disse que o projecto envolve, além da própria Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, o grupo sul-coreano Korea Gas Corporation (Kogas) e ainda o município de Maputo.

Orçada em 80 milhões de dólares, a primeira fase consistirá na construção de um ramal a partir de Beloluane para a cidade de Maputo e ainda um anel de distribuição, inicialmente para abastecer os grandes consumidores, com destaque para hotéis, hospitais e indústria panificadora.

Na segunda fase, será a vez dos consumidores domésticos, altura em que o projecto será alargado da capital do país para o distrito de Marracuene.

Até ao momento, segundo Tavares Martinho, foram já concluídos os estudos de engenharia e de impacto ambiental, condições necessárias para a execução do projecto que se insere no âmbito da maximização do uso de gás natural extraído nos jazigos de Pande e Temane.

Em Moçambique, o gás disponível é usado pela Matola Gás Company, que fornece os consumidores industriais e comerciais da cidade da Matola, pela Auto-Gás, para o abastecimento de viaturas, e ainda pela Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, que abastece consumidores domésticos e comerciais. (macauhub)

Compartilhe esta notícia:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Print
  • email
  • RSS