Companhia Santomense de Telecomunicações lançou serviços na rede móvel 3G em São Tomé

A Companhia Santomense de Telecomunicações (CST) iniciou quarta-feira no arquipélago a comercialização dos serviços na rede móvel 3G, num investimento de três milhões de dólares – anunciou o presidente da empresa, Zeinal Bava.

O anúncio foi feito na quarta-feira na capital de São Tomé em cerimónia oficial de lançamento testemunhada pelo ministro são-tomense da tutela, Carlos Vila Nova no âmbito de um projecto-piloto lançado no início de Fevereiro último visando a modernização das telecomunicações em São Tomé e Príncipe.

Zeinal Bava anunciou a entrada em funcionamento do acesso via internet de banda larga nos terminais portáteis e telemóveis através da rede móvel 3G (terceira geração ), bem como vídeos chamadas e transmissão de dados.

Além de ter garantido o aumento de velocidade da internet até 14 megabits por segundo, Zeinal Bava sublinhou que “ a CST acredita que a banda larga e a internet no móvel serão massivamente adoptadas quando em Outubro o cabo submarino de fibra óptica entrar em funcionamento”.

Sendo a detentora do monopólio das telecomunicações em São Tomé e Príncipe, a Companhia Santomense de Telecomunicações, a CST é controlada pela Portugal Telecom que detém a maioria de 51 por cento das acções contra as restantes 49 por cento do Estado são-tomense, representado pelo ministério da tutela.(macauhub)

Compartilhe esta notícia:
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Print
  • email
  • RSS

Notícias relacionadas:

  1. São Tomé e Príncipe vai passar a ter rede 3G de telefonia móvel
  2. Operadora de telecomunicações de São Tomé e Príncipe com 100 mil clientes no serviço móvel
  3. Cabo submarino ligando a África do Sul à França já chegou a São Tomé e Príncipe
  4. Portugal Telecom investe mais de 54 milhões de dólares em Timor-Leste até ao final de 2009
  5. São Tomé e Príncipe vai ficar ligado à rede panafricana de telecomunicações